quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Luisa Libardi e a Paixão por Sua Terra

mulher de pedra - pastel seco


Piracicaba, cidade interiorana do Estado de São Paulo,
no ano de 1958 foi agraciada com o nascimento de uma iluminada menina,
Maria Luisa Scudeller Libardi.

A cidade, fonte de belezas naturais, é cortada pelo
rio que à ela deu nome e que vem da língua tupi-guarani,
significando “lugar onde os peixes param”.
Ali, dentro do espaço urbano ficam as corredeiras do
Rio Piracicaba, que dificultam o nadar dos peixes rio acima para a desova,
e em meio a tantas maravilhas, um talento foi despertado.


luisa libardi

No ano de l981, formou-se em engenharia civil pela Esalq mas,
as artes plásticas despertaram seu interesse. Maria Luisa adotou
o nome de Luisa Libardi e estudou as mais variadas técnicas.
O resultado foi um brilhante caminhar de temas, do figurativos ao 
abstracionismo, culminando com sua atual técnica, única e reveladora
de ousadia, inovação e fértil visão em cada detalhe observado.

Assim, como artista, Luisa Libardi mostra-nos com maestria sua arte,
levando-nos a sentir por meio de fortes ou suaves nuances de cores,
formas e sentimentos que na realidade talvez passassem-nos desapercebidos,
o que podemos observar em seus trabalhos sobre os canaviais da região,
retratando os trabalhadores no corte da cana.
A seguir, uma pequena mostra de suas criações...

carlos miranda (betomelodia) 




arritmia - óleo

canas ocres - óleo

essência renovável - acrílica

à margem do asfalto - acrílica

movimento -  aquarela


caminhos I - aquarela

bicicleta X - pastel oleoso

ensolarado - pastel oleoso

trabalhador - pastel seco

mirante I -  pastel seco



casa do povoador - piracicaba - são paulo


Localizada na rua do porto às margem do rio, é tida como uma das primeiras casas construídas na época do povoamento, sendo considerada a residência de um dos primeiros povoadores de Piracicaba, o capitão Antonio Corrêa Barbosa. tombada como patrimônio histórico do Estado e do Município, abriga hoje um centro cultural onde são realizadas exposições, mostras e oficinas de arte. (sic)

fontes
imagens: google - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Banda Patax, com Jorge Perez Gonzalez

jorge perez gonzalez


Creio que deixarei de um intérprete ser para,
aprender a tocar os belíssimos instrumentos
utilizados por esse músico,

percussionista da Banda Patax.

Jorge está de parabéns por sua técnica inovadora, demonstrando
talento e agilidade impressionante ao executar trecho de
uma canção nos "instrumentos" das quatro modelos que usam apenas
um biquini preto... para afinação?

Confiram e curtam a afirmação desse inovador espanhol  de que,
a "música está em todo lugar"

aAté onde menos esperamos encontrá-la...

carlos miranda (betomelodia)







fontes:
imagem: google - vídeo: my space - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google



sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Carlos Miranda (betomelodia), Retorno às Atividades




A temporada de verão está no fim.
Após o carnaval, o período de vendas em nosso estande, 
estará encerrado.
Minhas criações em metal marchetado e em pintura
de minha querida ivanete, serão pausadas
e tenhamos tempo para outras atividades, tais como
curtirmos um pouco de praia e sol para depois
continuarmos nossos blog's e outros afazeres.

Em breve, voltaremos a publicar novas páginas sobre
nossa música e artes plásticas.
Pedimos desculpas a todos os que nos visitam ou visitaram,
sem encontrar novidades, mas o processo de criação e
colocação no mercado de nossos produtos
foi muito além de nossas expectativas, consumindo quase
todo nosso tempo.

Só pedimos que aguardem um pouco mais pois, logo
reiniciaremos nossas atividades em nossos espaços na web.
 beijos no coração.

carlos miranda (betomelodia)


ivanete e betomelodia


fontes
imagens: arquivo - texto: carlos miranda (betomelodia)