sexta-feira, 30 de junho de 2017

Junho de 2017... Doze Anos de Publicações


Neste mês de Junho, "betomelodia - música e arte brasileira",  completa doze anos de existência.

Na Música brasileira, divulgando ícones de nosso universo musical, sejam eles compositores ou intérpretes, seus melhores momentos em vídeos de meu acervo ou de redes sociais, e também revelando os bons trabalhos de nossos jovens talentos.

Na Arte, realizando amplas e demoradas pesquisa em muitas e muitas páginas da Google, coletando dados e imagens sobre artistas plásticos desde a época do Brasil colonial até a atualidade, trago à tona nossos artistas plásticos em resumos biográficos e pequenas mostras de seus maravilhosos trabalhos.

Asim, agradeço a todos os seguidores por prestigiarem minhas publicações que alcançam todos os continentes e seus Países, interessados em Música e Arte que conheceram mais um pouco do nosso Universo Cultural, imenso celeiro de músicos e artistas plásticos.


carlos miranda (betomelodia) 

quinta-feira, 29 de junho de 2017

A Arte no Mundo - Romênia




grandville fisherwoman - 1884


nicolae grigorescu - 1838 / 1907
oil on canvas - 38 x 29 cm - private collection
bukarest - romênia

fonte
imagem e dados técnicos: google
publicado por : carlos miranda (betomelodia) 



quarta-feira, 28 de junho de 2017

A Arte no Mundo - Japão




autumn landscape - 1469


sesshu toyo - 1420 / 1506
Ink on paper - 46 x 29 cm - tokyo national museum 
tokyo -  japão

fonte
imagem e dados técnicos: google
publicado por : carlos miranda (betomelodia) 

terça-feira, 27 de junho de 2017

Baile no Elite, com Casuarina




Na publicação de hoje sobre nossa Música e sua imensa variação de ritmos e estilos, trago de volta
ao Blog o  Quinteto Casuarina,  símbolo de bom gosto no resgate dos mais belos Sambas e de
clássicas composições de consagrados autores.  Foram destaque com " Disritmia",  autoria
de Martinho da Vila e "Certidão", autoral da dupla João Fernando/João Cavalcanti, em
abril deste ano. Escolhi um ótimo "Samba de Breque", clássico composto por
João Nogueira que lançado em 1993, tem ótima interpretação do grupo.




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Fui a um baile no Elite atendendo a um convite do Manoel Garçom meu Deus do Céu que baile bom
Que coisa bacana já no Campo de Santana ouvindo o velho e bom som trombone sax e pistom
O traje era esporte o calor estava forte mas eu fui de jaquetão para causar boa impressão
Naquele tempo era o requinte o linho S-120 e eu não gostava de blusão
...qu'era questão de opinião...

Passei pela portaria subi a velha escadaria e penetrei no salão quase morri do coração
Quando dei de cara com a Orquestra Tabajara e o popular Jamelão cantando só samba-canção
Nonato e Norega Macaxeira e Zé Bodega nas palhetas e metais e tinha outros muitos mais
No clarinete o Severino solava um choro tão divino desses que já não tem mais
...e ele era ainda bem rapaz...

Refeito dessa surpresa me aboletei na mesa que eu tinha já reservado até paguei adiantado
Manoel que é dos nossos trouxe um pires de tremoços uma cerveja e um traçado
Pra eu não pegar um resfriado
Peguei minha Brahma levantei tirei a dama e iniciei meu bailado no puladinho e no cruzado
Até Trajano e Mário Jorge que são caras que não fogem foram "simbora" humilhados
...eu tava mesmo endiabrado...

Quando o astro-rei já raiava e a Tabajara caprichava os seus acordes finais
...para tristeza dos casais...
Peguei a pequena feito artista de cinema em cenas sentimentais
...à luz de um abajur lilás...
Num quarto sem forro perto do pronto-socorro uma sirene me acordou em estado desesperador
Me levantei lavei o rosto quase morro de desgosto pois foi um sonho e se acabou

...Que o Papa é pop que o hip-hop já chegou e dominou
A Tabajara é muito cara o velho sonho já passou...


joão nogueira



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

segunda-feira, 26 de junho de 2017

A Arte no Mundo - México




christopher columbus in the court of the catholic monarchs - 1850


juan cordero - 1822 / 1884
oil on canvas - 251,0 x 180,5 - national art museum
mexico city - mexico

fonte
imagem e dados técnicos: google
publicado por : carlos miranda (betomelodia) 

domingo, 25 de junho de 2017

A Arte no Mundo - Eslováquia




the baths at hévíz - 1930


józsef egry - 1883 / 1951
pastel, oil on paper - 69,5 × 88,5 cm - ernest zmeták art gallery
nitra - nové zámky - eslováquia

fonte
imagem e dados técnicos: google
publicado por : carlos miranda (betomelodia) 

sábado, 24 de junho de 2017

O Telefone Tocou Novamente, Alexandre Pires e Jorge Ben Jor



Alexandre Pires e Jorge Ben Jor, que já foram destaque aqui no Blog, estão de volta em um dueto
com a composição de Jorge, "O Telefone Tocou Novamente". Foi lançada no ano de 1970, e
é sucesso até os dias atuais na Música brasileira. O vídeo, parte do DVD "DNA Musical",
com Alexandre inovando no resgate do melhor da Música Popular Brasileira com
ótimos arranjos e tendo como convidados,  conceituados compositores do
Universo Musical Brasileiro, assim como nossos melhore intérpretes,
é por mim considerado marco no resgate da  Música brasileira.




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




O telefone tocou novamente fui atender e não era o meu amor
Será que ela ainda está muito zangada comigo
Que pena que pena que pena que pena

Pois só ela me entende e me acode na queda ou na ascensão
Ela é a paz da minha guerra meu estado de espírito
Ela é a minha proteção que pena que pena que pena

Com ela eu sou mais eu com ela eu sou um anjo
Com ela eu sou criança eu sou a paz eu sou o amor e a esperança

jorge ben jor



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

sexta-feira, 23 de junho de 2017

A Arte no Mundo - Finlândia




boys playing on the shore - 1884


albert edelfelt - 1854 / 1905
oil on canvas, - 90 × 107.5 cm - ahlström collection - ateneum art museum
helsinki - finlândia 

fonte
imagem e dados técnicos: google
publicado por : carlos miranda (betomelodia) 

quinta-feira, 22 de junho de 2017

A Arte no Mundo - Venezuela




el panteon de los heroes - 1898


arturo michelena - 1863 / 1898
oil on canvas, 135x168 cm - private collection of pedro benavides - national art gallery
caracas – venezuela

fonte
imagem e dados técnicos: google
publicado por : carlos miranda (betomelodia) 

quarta-feira, 21 de junho de 2017

De Martino, Registros Históricos e Culturais do Brasil

chegada da fragata constituição trazendo d. teresa cristina - 1872


A postagem de hoje sobre as Artes Plásticas no Brasil, tem como destaque um pintor italiano. Sim, não
é engano, é sobre um militar da marinha italiana, que tinha verdadeira paixão pelos mares e pelas
embarcações que por eles singravam: Edoardo De Marino. Nascido em Meta, Itália, no ano de
1838 e morreu em Londres, Inglaterra, em 1912, estudou na Escola Naval de Nápoles e foi
atuante como  oficial da Marinha de Guerra italiana  de 1849 a 1855, e ao dar baixa, ele
mudou para Montevidéu, Uruguai, até o ano de 1868 quando então parte rumo ao
Brasil.  Fixou residência no  Rio de Janeiro  e em viagens à Porto Alegre, no
Rio Grande do Sul,  expõe sua obra e leciona pintura para  Telles Júnior.
Mas entrou em cena  Dom Pedro II,  por ocasião  da guerra contra o
Paraguai,  que o nomeou pintor oficial  com missão de registrar
a ação dos  militares  brasileiros  nos combates.  Explicado.


edoardo de martino


Assim,  pelo acima exposto,  De Marino faz parte do rol de
Artistas  que com suas pinturas,  nos legou preciosos registros
históricos e culturais de nosso País. Ele acompanhou os Almirantes
Tamandaré e Barroso, registrando em minuciosos desenhos os eventos
para posteriormente em uma série de telas divulgar as batalhas fluviais, mas
também, belas pinturas dos mares desse nosso amado Brasil.  Suas preferências
por cenas noturnas,  a minuciosidade  de suas  composições pictóricas,  fez com que
recebesse Medalha de Ouro na Exposição Geral de Belas Artes em 1870, e eleito membro
correspondente da  Academia Imperial de Belas Artes em 1871. Em 1875 parte para Londres e
é nomeado  pintor de marinhas  da corte inglesa em 1895.  A seguir,  pequena mostra de sua obra.




Como sempre faço questão de ressaltar,  ao final da postagem,  lá na série de links apresentados em
"links para suas preferências no blog",  é possível saber mais sobre outros Artistas Plásticos,
assim como sobre outros estilos de sua preferência, com total segurança, aqui mesmo
em meu  blog,  e também em meus outros espaços culturais na Web.  Apreciem.

carlos miranda (betomelodia) 




veleiro em alto mar - s.d.

navios de guerra em alto mar - s.d.

 o almirante brown chegando ao porto - s.d. 

 combate naval - s.d.


passagem do tonelero durante a guerra do prata - 1880

no tejo - 1886

batalha naval do riachuelo - s.d.

bombardeio de curuzu - s.d.

navio de guerra ao luar -1909

marinha - s.d.

porto à noite - s.d.





destaco: praia de botafogo - 1870


fontes
imagens: google - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

( atenção: tamanho das telas adaptados à diagramação )