Mostrando postagens com marcador música brasileira. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador música brasileira. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Um Sonho A Dois, com Roberta Sá, Pedro Mariano e Os Cariocas

pedro mariano e roberta sá


Um Sonho A Dois. Uma canção de amor lançada em 1986, traz em sua letra o encanto e sonhos que
esse sentimento desperta. Foi e ainda é um grande sucesso de seus autores, Paulo Massadas
e Michael Sullivan,  tendo várias regravações feitas por  grandes nomes da nossa Música.
Lembro que quando atuava nos palcos com meu trio Coisas do Brasil, ou em diversas
comemorações com meu quinteto  Um Toque Diferente,  sempre foi muito pedida
pelo público presente por muitos anos. Considero-a um clássico dos anos 80.

Escolhi para ilustrar a publicação, trazendo de volta ao blog a intérprete que
é uma das vozes preferidas por mim, isso além de seu talento e domínio de palco:
Roberta Sá. Mas ela não está sozinha, pois tem como convidado Pedro Mariano,  filho
da cantora  Elis Regina e do músico César Camargo Mariano.  A dupla conta ainda com Os
Cariocas, grupo vocal criado por Ismael Neto no ano de 1942, um dos mais antigos do Brasil, e que
tem como  repertório  as belas composições da  Música Brasileira.  Apresentação feita,  vamos ao clipe




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Ele sabe o jeito de agradar um sorriso brincando no olhar
Me fascina com seu jeito de ser ele é tudo enfim que eu preciso ter
Ele passa e o tempo faz parar quando fala é música no ar
Me conquista querendo não querer ele é tudo enfim que eu preciso ter

Quando bater na porta deixa entrar pra te ganhar de norte a sul
No mundo da lua tudo vai ficar descobri que o amor é azul
Quando a gente gosta o amor é um caso sério
E tem lá os seus mistérios pra contar
Mas você divide na metade um desejo no olhar

Quando a gente gosta vale a pena qualquer coisa
Vale tudo num cantinho pra ficar
Um sorriso pra te convencer na luz do luar

Ela sabe que brinca nos meus sonhos
Todo o tempo nos versos que componho
Ela sabe que estou em suas mãos
Ela é tudo que faz bem ao coração

Quando bater na porta deixa entrar pra te ganhar de norte a sul
No mundo da lua tudo vai ficar descobri que o amor é azul
Quando a gente gosta o amor é um caso sério
E tem lá os seus mistérios pra contar
Mais você divide na metade um desejo no olhar

Quando a gente gosta vale a pena qualquer coisa
Vale tudo num cantinho pra ficar
Um sorriso pra te convencer na luz do luar


michael sullivan / paulo massadas



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

domingo, 16 de abril de 2017

Café com Leite, com Alexandre Pires e Martinho da Vila

alexandre pires, em duo com martinho da vila


Foi assim que tudo começou. O ano era 1989, quando ele e seu irmão Fernando convidaram o primo
Juliano a fazer parte do grupo de pagode que pretendiam criar. Aí reuniram mais alguns amigos
da cidade de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, e começaram a montar o repertório para
os ensaios. O nome escolhido para e banda foi "Só Pra Contrariar", uma homenagem
ao grupo  "Fundo de Quintal"  e seu grande sucesso, o samba Só pra Contrariar.
Seu nome? Alexandre Pires do Nascimento, nascido em Uberlândia, Estado
de Minas Gerais, em oito de Janeiro de 1976.  Instrumentista, cantor e
compositor, filho de músicos, é tido como um dos maiores senão
o maior intérprete da América Latina por seu enorme talento.

Lançaram o  primeiro álbum em 1993,  e depois de gravar o
sétimo disco com o SPC,  Alexandre  seguiu para a carreira solo.
Mas, como não conseguia acompanhar os compromissos com a banda,
deixou o grupo no ano de 2002  depois de uma apresentação em Nova York
para mais de 14 mil pessoas.  No ano seguinte,  comemoração da Independência
Hispânica nos Estados Unidos,  cantou "Garota de Ipanema" para o então presidente
George W. Bush, que o convidou para o evento, tornando-se mundialmente conhecido. Eu
escolhi para ilustrar a publicação, um vídeo que revela seu projeto para uma mudança de estilo
no cenário musical, projeto que tem por nome  DNA Musical, regravando grandes sucessos da MPB.

Assim vamos apreciar o vídeo com a  Música  de autoria de  Martinho da Vila e Zé Catimba,  cujo título é

"Café com Leite"




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Se encontraram e se cruzaram nosso olhar e nosso jeito
As salivas misturadas num sabor mais que perfeito
Nossos corpos se entregando como boca no sorvete
Estamos bem misturados tal e qual café com leite

Café com leite somos nós café com leite
Café com leite é de Deus café com leite

Vem da teta e vem do grão somos nós café com leite
Vem do balde e do pilão somos nós café com leite
Com biscoito ou com pão vou tomar café com leite
Dessa miscigenação só vai dar café com leite

"A" em pó ou condensado bem gordinho ou desnatado
Com expresso ou com solúvel carioca bem coado
Vou levar pra quem me ama de bandeja lá na cama


martinho da vila / zé catimba



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google