Mostrando postagens com marcador música popular brasileira. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador música popular brasileira. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 19 de junho de 2018

Elegibo, Margareth Menezes

margareth menezes


Ela conquistou dois Troféu Imprensa, dois Caymmi, quatro  Dodô e Osmar. Foi indicada para o Grammy
Awards e para o Grammy Latino, e é considerada pelo  jornal estadunidense Los Angeles Times,
a Aretha Franklin Brasileira. Cantando no Coral de uma Igreja local, ela iniciou sua artística
carreira, mas como atriz, obtendo o título de  Melhor Intérprete  em seu espetáculo
solo, Banho de Luz. E então, o gosto pela carreira na Arte Musical a envolveu.

Escrevo sobre  Margareth Menezes, que atriz, compositora, cantora, diretora
teatral, nasceu em em Boa Viagem, região de Salvador, no Estado da Bahia, no ano
de 1962, que ficou conhecida no  Brasil  interpretando Dandalunda, de Carlinhos Brown, e
mundialmente  por suas mais de vinte turnês  levando o melhor de nossa cultura afro-brasileira




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Elegibo cidade encantada elegibo sua majestade real
Araketu ritual do Candomblé exalta as cidades de Guetho e Sapé
Ferido ficou-se o homem utilizando seus poderes
Passaram-se anos difíceis sofreram muitos seres
Os vassalos ficaram sem pasto a fauna e a flora não brotavam mais
As mulheres ficaram estéreis a flor do seu sexo não se abrirá jamais Ele Ele

Ele Ele Elegibo Elegibo Elegibo Ele Ele Ele
Ele Ele Elegibo Elegibo Elegibo cidade reluzente Elegibo cidade florescente Elegibo

Os guerreiros lutaram entre si com golpes de vara era o ritual
Durante várias horas travou-se a batalha entre o bem e o mal
Depois retornaram com o rei para a floresta sagrada
Onde comeram a massa de inhame bem passada
Onde será comida por todos os seus negros homens em comunhão com Deus Ele Ele

Ele Ele Elegibo Elegibo Elegibo Ele Ele Ele
Ele Ele Elegibo Elegibo Elegibo cidade reluzente Elegibo cidade florescente Elegibo


ythamar tropicália / rey zulu



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Tibet, Caronamano - participação de Daniel Torres

caronamano


O destaque de hoje na Música Brasileira vai para a cidade de Viamão, aqui no Rio Grande do Sul, com
a banda Caronamano,  na voz de  Kae Santos  e com a  participação de um dos  grandes nomes do
nativismo gaúcho, Daniel Torres.  O grupo que  fundado em 2010, investe em canções autorais
e tem como referências, grandes nomes nacionais e internacionais, na mpb, pop, rock, soul
reggae, surf music, blues, country,  nordestina e sertaneja de raiz.  Ufa...  e é  ecletismo
que faz o sucesso de seu repertório.  Em meus arquivos tenho uma  autoral do Kae
que muito aprecio,  pela letra e pela interpretação  do grupo, em um vídeo feito
no Bosque das Artes,  Viamão, e no  Solar dos Câmara,  Porto Alegre: Tibet.





Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Eu queria ser o seu seu melhor que aconteceu
Na madrugada entre arrepios quem nunca você deixaria
A melhor parte do seu dia o seu estresse em meu bom dia

Se você quiser te acompanho até a porta te carrego em minhas costas
Te levo até o Tibet você vai gostar do vento que lá sopra
Da flor que desabrocha das noites de luar em minha porta


kae santos



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

quinta-feira, 7 de junho de 2018

A Majestade o Sabiá, Cau Bornes

cau bornes


O destaque de hoje na Música Brasileira é Cau Bornes,  nascido na cidade de Santo Ângelo, Estado
do Rio Grande do Sul, que por muitos anos viveu em Porto Alegre, a capital do Estado. Músico
e ator, sofreu influências de artistas não só do brasil mas também da Argentina e Uruguai
em sua formação musical e artística.  Cursou Jornalismo em Porto Alegre, que não
foi concluído,  por ter sentido que a carreira na Música e na atuação, seria o
rumo que exteriorizasse-se como Músico, ator e também como pessoa.
O vídeo de meus arquivos que escolhi para ilustrar a publicação,
clássico da compositora e cantora Roberta Miranda, tendo
por título "A Majestade, o Sabiá", onde Cau tem uma
interessante, ótima performance em dois estilos.




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Meus pensamentos tomam formas eu viajo vou pra onde Deus quiser
Um vídeo-tape que dentro de mim retrata todo o meu inconsciente de maneira natural
Ah to indo agora prum lugar todinho meu quero uma rede preguiçosa pra deitar
Em minha volta sinfonia de pardais cantando para a majestade o sabiá a majestade o sabiá

Tô indo agora tomar banho de cascata quero adentrar nas matas onde Oxossi é o deus
Aqui eu vejo plantas lindas e cheirosas todas me dando passagem perfumando o corpo meu
Ah to indo agora prum lugar todinho meu quero uma rede preguiçosa pra deitar
Em minha volta sinfonia de pardais cantando para a majestade o sabiá a majestade o sabiá

Esta viagem dentro de mim foi tão linda vou voltar à realidade pra este mundo de Deus
É que o meu eu este tão desconhecido jamais serei traído pois este mundo sou eu
Ah to indo agora prum lugar todinho meu quero uma rede preguiçosa pra deitar
Em minha volta sinfonia de pardais cantando para a majestadeo sabiá a majestade o sabiá


roberta miranda



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Cantiga por Luciana, Sandy

s a n d y


Já bem conhecida no Brasil e também internacionalmente, o destaque na Música é da compositora,
cantora e atriz  Sandy Leah Lima, nascida na cidade de Campinas,  interior do Estado de São
Paulo, no ano de 1983. Sandy começou sua carreira na Música aos sete anos ao formar
com seu irmão a dupla de intérpretes "Sandy & Júnior". A dupla teve fim em 2007,
ano em que ambos seguiram carreiras distintas. Foram considerados como
os maiores fenômenos da Música Brasileira. O video escolhido para
a postagem é sobre um resgate, um clássico de nossa cultura
musical, composição de Edmundo Souto com a parceria
de Paulinho Tapajós: a linda "Cantiga por Luciana".





Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Manhã no peito de um cantor
Cansado de esperar só
Foi tanto tempo que nem sei
Das tardes tão vazias por onde andei

Luciana Luciana
Sorriso de menina dos olhos de mar
Luciana Luciana
Abrace essa cantiga por onde passar

Nasceu na paz de um beija-flor
Em verso, em voz de amor
Já desponta aos olhos da manhã
Pedaços de uma vida Que abriu-se em flor

Luciana Luciana
Sorriso de menina dos olhos de mar
Luciana Luciana
Abrace essa cantiga por onde passar


edmundo souto / paulinho tapajós



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

sábado, 26 de maio de 2018

A Maçã, Luiza Britto e Carlos Elálio

carlos eládio e luíza britto


De volta ao Blog, Luíza Britto em um duo com Carlos Elálio,  interpretando a composição
"A Maçã", autoria de Raul Seixas, Paulo Coelho, e Marcelo Motta, lançada em 1975.
Naquela época, Raul e Paulo baseados em suas experiências de vida com
a comunidade Hippie pelo mundo, intencionaram por meio de suas
composições,  revisar de modo geral os valores regentes
da sociedade,  propondo  novos comportamentos
em radicais  mudanças  socioeconômicas.

Luíza em seu duo com Carlos Eládio, ex-guitarrista de "Raulzito e Os Panteras", o melhor
parceiro musical de Raul antes de Paulo Coelho,  nos traz esta preciosidade que é
considerada como um clássico de Rauzito, na agradável voz de Luíza Britto.





Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




" Se este amor ficar entre nós dois
Vai ser tão pobre amor vai se gastar "


Se eu te amo e tu me amas um amor a dois profana o amor de todos os mortais
Porque quem gosta de maçã Irá gostar de todas porque todas so iguais
Se eu te amo e tu me amas e outro vem quando tu chamas como poderei te condenar
Infinita tua beleza como podes ficar presa que nem santa num altar

Quando eu te escolhi para morar junto de mim
Eu quis ser tua alma ter teu corpo tudo enfim
Mas compreendi que além dos dois existem mais

O amor só dura em liberdade o ciúme é só vaidade sofro mas eu vou te libertar
O que é que eu quero se eu te privo do que eu mais venero que a beleza de deitar


raul seixas / paulo coelho / marcelo motta



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

domingo, 20 de maio de 2018

Cantor da Noite, Tico de Moraes

tico de moraes


O destaque de hoje na Música Brasileira é sobre Tico de Moraes, compositor, violonista e cantor
nascido em Brasília, que aos treze anos deu início à sua carreira musical. Tendo crescido
em musical família, teve sua carreira fundamentada no jazz, mas também o pop e a
a nossa Música são incorporadas ao seu repertório. Arranjos originais para
voz e violão o conduziram à elite musical, sendo convidado por sua
técnica a participar de  shows  de vários artistas de renome,
tanto no Brasil quanto no exterior. Ilustra a postagem,
a composição  "Cantor da Noite",  autoria de
Ivan Lins,  parceria com Vitor Martins.





Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Era apenas uma noite a mais sem sono
Dessas noites que a gente sai sem dono
Procurando um samba-canção no vento
Pois o rádio não me deixa mais faz tempo

Era apenas um ponto de luz discreto
E aquela voz cada vez mais mais perto
Foi entrando em meu coração contente
Como se eu fosse ser feliz pra sempre

Não não pare mais canta canta mais
Pois no fundo você sabe o bem que me faz

Só assim eu uso a alma e não o corpo
Só assim eu sinto mais prazer e gosto
Só assim estou comigo mais um pouco
Só assim sou todo coração
Só assim estou em minhas mãos
E não quero por os pés no chão em vão em vão

E não quero por os pés no chão em vão


ivan lins / vitor martins



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Dia de Graça, Quinteto Casuarina, com Tereza Cristina

tereza cristina e quinteto casuarina


Antônio Candeia Filho, ou como ficou conhecido, Candeia, em um ótimo resgate de sua composição
Dia de Graça, com a volta ao Blog de Tereza Cristina e do Quinteto Casuarina.  Tereza teve
seu primeiro destaque aqui em dezembro de 2014, e o Casuarina estreou por aqui em
abril de 2017. Nada tenho a acrescentar sobre esta cantora e sobre o quinteto
que já não tenha revelado em postagens anteriores, podendo ser lido
ao clicar nos link's acima, sempre disponibilizados nas páginas.  




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Hoje é manhã de carnaval ao esplendor
As escolas vão desfilar garbosamente
E aquela gente de cor com a imponência de um rei
Vai pisar na passarela salve a Portela

Hora de esquecer os desenganos que passamos
Viver a alegria que sonhamos durante o ano
Damos nosso coração com alegria e amor
A todos sem distinção de cor

Mas depois da ilusão coitado
Negro volta ao humilde barracão

Negro acorda é hora de acordar não negue a raça
Torne toda manhã dia de graça
Negro não humilhe nem se humilhe a ninguém
Todas as raças já foram escravas também

E deixa de ser rei só na folia
Faça da sua Maria uma rainha todos os dias
E cante um samba na Universidade
E verás que seu filho será príncipe de verdade

Aí então jamais tu voltarás ao barracão


candeia



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

terça-feira, 8 de maio de 2018

Charles Ilê, Banda Iyê Aiyê e Carlinhos Brown

ilê aiyê band and carlinhos brown


A publicação de hoje é sobre o Ilê Aiylê, Patrimônio Cultural do Estado da Bahia, fundado em 01 de
Novembro de 1974 no bairro Curuzu-Liberdade,  em Salvador, a capital da Estado. É o mais
antigo bloco afro do carnaval brasileiro,  e ativo pela  valorização cultural e inclusão
dos afrodescendentes que, fonte de inspiração para criação de vários grupos
culturais brasileiros, também no mundo,  tem claras e objetivas ações na
militância negra, valorizando sua cultura e combatendo o racismo.

Grande marco na  reafricanização  do carnaval da Bahia,  tem em
seu nome duas expressões da  língua Yoruba:  ilê, que traduzida,  pátria,
e Aiylê, traduzida, para sempre; Pátria para Sempre. A beleza plástica e sonora
do bloco, conhecido como  "O Mais Belo dos Belos",  cumpre todo ano um ritual  no
início do carnaval, que é o de reunir comunidade, associados, visitantes dos quatro cantos
do mundo, para pedindo permissão aos donos da rua, para sair e pedir aos Orixás paz e felicidade.
Assim retoma as características da evolução renascentista do negro africano, americano, e
também afro-americano,  respeitando "os negros que se querem negros" no mundo.


..."
espero que o texto acima esclareça de forma positiva, a cultura dos negros no brasil e no mundo"...

carlos miranda, betomelodia




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




É o amor quem quiser que siga a verdade a luz e a vida
Negra é a luz negra é a luz
O fundamento canta o barro preto levanta

Bênça vovó Jeje-Nagô
Salamalei kum Charles Salamalei kum Charles salamalei samalei
Salamalei kum Charles salamalei kum Charles salamalei

Ogum Onilê Onilê Ogum a boa no Ylê bota Fé Ogum
Ogum Onilê Onilê Ogum a boa no Ylê
É que ela vai estar me esperando no invisível no encantado no céu azul
Bogum Bogum que realeza Charles beleza negra Charles
Nega Marrin nega Salim
Salamalei kum Charles salamalei kum Charles salamalei salamalei
Salamalei kum Charles salamalei kum Charles salamalei

É o amor quem quiser que siga a verdade a luz e a vida
Negra é a luz negra é a luz
O fundamento canta o barro preto levanta

Bênça vovó Jeje-Nagô
Salamalei kum Charles salamalei kum Charles salamalei samalei
Salamalei kum Charles salamalei kum Charles salamalei

ilê aiyê



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Rio, Luíza Britto

luíza brito


Na publicação de hoje, trago uma composição de Roberto Menescal e Ronaldo Boscoli, um
clássico da Bossa Nova que é um poema em homenagem à minha cidade natal: Rio.
Mas não é uma simples postagem com uma cantora cantando uma Música.
É a melhor interpretação, é uma linda Ode à cidade maravilhosa,
o Rio de Janeiro,  interpretada com maestria por Luíza,
tendo ao violão Jana Vasconcelos. Um show.

Cantora e compositora baiana que segundo suas palavras, nunca estudou Música, técnicas
ou teoria,  mas que não vê a hora de aprender.  Bem com apenas 17 anos subiu ao
palco de um teatro pela primeira vez para se apresentar em seu primeiro
show.  Foi no Teatro Jorge Amado, em Salvador, onde cantando
e encantando o público com músicas autorais, além de
sucessos de outros artistas, apresentou aos
ouvintes "Meu Primeiro Show" com
suave, afinada e bela voz.
O vídeo confirma.




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Rio que mora no mar sorrio pro meu Rio que tem no seu mar
Lindas flores que nascem morenas em jardins de sol
Rio serras de veludo sorrio pro meu Rio que sorri de tudo
Que é dourado quase todo dia e alegre como a luz

Rio é mar eterno se fazer amar o meu Rio é lua amiga branca e nua

É sol é sal é sul
São mãos se descobrindo em tanto azul
Por isso é que meu Rio da mulher beleza
Acaba num instante com qualquer tristeza
Meu Rio que não dorme porque não se cansa
Meu Rio que balança

Sou Rio sou Rio sorrio sorrio sou Rio

Rio que mora no mar sorrio pro meu Rio que tem no seu mar
Lindas flores que nascem morenas em jardins de sol

Rio é mar eterno se fazer amar o meu Rio é lua amiga branca e nua

É sol é sal é sul
São mãos se descobrindo em tanto azul
Por isso é que meu Rio da mulher beleza
Acaba num instante com qualquer tristeza
Meu Rio que não dorme porque não se cansa
Meu Rio que balança

Sou Rio sou Rio sou Rio sorrio sou Rio sou Rio sou Rio sou Rio sou Rio


roberto menescal / ronaldo boscoli



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Me Chama, Marina Lima

marina lima


E hoje, um resgate por Marina Lima da composição de Lobão, Me Chama. Já foi destaque
aqui no Blog,  com a composição em parceria com seu irmão  ‎Antonio Cicero
Correia Lima,  mais conhecido por  Liminha,  interpretando a Música
"Fullgás",  com um espetacular acompanhamento do irmão
no contrabaixo e para conferir, é só clicar no link.




Lembro que, nos links apresentados em "links para suas preferências no blog", ao final da postagem, é
possível saber mais sobre este ou outros Artistas, assim como sobre outras Músicas ou ritmos de
sua preferência, em total segurança. Naveguem e descubram o  Brasil  na  Música e na Arte.

carlos miranda (betomelodia) 




Chove lá fora e aqui faz tanto frio me dá vontade de saber
Aonde está você me telefona me chama me chama me chama

Nem sempre se vê lágrima no escuro
Lágrima no escuro lágrima

Tá tudo cinza sem você tá tão vazio e a noite fica sem por quê
Aonde está você me telefona me chama me chama me chama vem

Nem sempre se vê mágica no absurdo
Mágica no absurdo mágica

Me chama me chama me chama vem
Nem sempre se vê lágrima no escuro
Lágrima no escuro lágrima cade você

Nem sempre se vê mágica no absurdo
Mágica mágica


lobão



fontes
imagens: google - vídeo: youtube - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google